Facebook da MEF - Missao Esperanca e Fé
Twitter da MEF - Missao Esperanca e Fé
Google da MEF - Missao Esperanca e Fé

BLOG

HOME/Blog

13
maio
2017

Africa Povos não alcançados

POR Cauê Ribeiro
Compartilhe:

                                                            Africa

A grosso modo, podemos dividir a África em duas metades, a metade do meio para o sul, que é cristã, ou bastante cristianizada, e a parte do meio para o norte que é muçulmana. No entanto, em todas as duas partes nós temos as religiões tradicionais africanas, nas quais as pessoas se mantêm em contato com os espíritos dos antepassados.

Para o africano, tudo tem interferência de espíritos. Não se pode levar a eles um cristianismo que não tenha resposta de oração. É preciso levar um Cristo que de fato os ajude, que de fato interfira em seu dia a dia.

O maior desafio por lá é alcançar a população muçulmana. Os muçulmanos também são bastante ativos como missionários. Vemos isso no radicalismo islâmico presente na Nigéria. Para nós é um desafio maior enviar missionários que possam pregar o Evangelho em um contexto de pressão, em um contexto de disputa por pessoas.

Em Guiné-Bissau, o número de evangélicos não passa de 1,6% da população, e a língua mais falada não é o português, Nos países ao sul do Saara, do Senegal à Somalilândia (Estado não reconhecido oficialmente) há poucos cristãos, mas os governos não são hostis ao Evangelho como no norte. É a região do Sahel, muito seca, quente e muito carente também de ajuda prática para o desenvolvimento.

A África clama por ouvir a voz de Deus. Com seus dons e talentos você pode fazê-la ecoar até as mais distantes aldeias. Seja parte desta missão.

Fonte: Junta de Missões Mundiais.

CONFIRA NOSSOS EVENTOS

COMENTE

VEJA TAMBÉM

CONFIRA NOSSOS EVENTOS

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com