Facebook da MEF - Missao Esperanca e Fé
Twitter da MEF - Missao Esperanca e Fé
Google da MEF - Missao Esperanca e Fé

BLOG

HOME/Blog

28
jun
2017

Entenda a situação dos cristãos na África

POR Cauê Ribeiro
Compartilhe:

Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

 

Saiba como colaborar com a Igreja Perseguida que está em países onde há instabilidade econômica, falta de recursos básicos, fome e doenças

De acordo com um dos líderes humanitários da ONU, Stephen O’Brien, mais de 20 milhões de pessoas que vivem no Sudão do Sul (5º país na atual Lista Mundial da Perseguição), Iêmen (9º), Somália (2º) e Nigéria (12º) estão ameaçadas de fome. “Estamos vivendo um momento muito crítico nessas nações”, disse ele, recentemente. “Já no início do ano estamos enfrentando a maior crise humanitária desde a criação das Nações Unidas”, declarou.

Ele explicou que sem esforços globais coordenados, as pessoas simplesmente morrerão de fome e muitos sofrerão contaminados por diversas doenças. Três desses países fazem parte da África Subsaariana (Sudão, Somália e Nigéria). No Sudão do Sul, 4,9 milhões de pessoas já estavam em estado de inanição por conta da guerra civil que estourou em 2013.

Na Somália, 2,9 milhões de pessoas estão em risco de fome causada pela seca e instabilidade econômica do país, principalmente com a insurgência do grupo extremista Al-Shabaab. Na Nigéria, 1,8 milhão de pessoas enfrentam fome, como nos estados nordestinos de Adamawa, Borno e Yobe, onde o domínio do Boko Haram vem crescendo desde 2009. Em todos estes países há instabilidade contínua, subdesenvolvimento e falta de acesso à ajuda humanitária, mas essa situação nem sempre atinge a todos os cristãos perseguidos que vivem por lá.

Fonte Portas Abertas

 

CONFIRA NOSSOS EVENTOS

COMENTE

VEJA TAMBÉM

CONFIRA NOSSOS EVENTOS

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com