Na região conhecida como Janela 10/40, há um país considerado um dos menos alcançados do mundo, embora a primeira igreja evangélica por lá tenha sido estabelecida há mais de cem anos. Até agora, dos 54 grupos existentes, 52 ainda  não são alcançados e 90% desses grupos estão localizados no norte desta nação, a qual não citamos o nome por questões de segurança e preservação do trabalho missionário. 

Contextos dos povos não contactados

Embora Paulo claramente se envolvesse em contextos alcançados durante seu ministério pessoal, ele dava prioridade aos contextos não alcançados. Em sua carta à igreja em Roma, Paulo declarou: “Meu objetivo é evangelizar onde Cristo não foi nomeado, de modo que eu não edificarei a fundação de outra pessoa” (Romanos 15.20). O desejo de Paulo era pregar o Evangelho onde a igreja ainda não existia. Seguindo o exemplo de Paulo, estamos focados para alcançar os últimos 17 povos ainda não contactados aqui. São eles: Taidam, Xinh Mun, Lao, La chi, Phu la, La Ha, Chut , Ngai, Mang, Co Lao, Cong, Pupiao, Si la, Kho-mu, Giay, Hung, Gelao. Eles habitam as áreas mais remotas,  com acesso limitado ao Evangelho no contexto de alta perseguição e política nacional fechada. 

Oportunidades

Começamos a compartilhar o DNA missionário com alguns de nossos irmãos em Cristo, igreja local, treinamentos do ministério esportivo e pequenos grupos mais próximos desses povos e, assim, começaram o trabalho de mapeamento com os mesmos.

Muitas das igrejas de Hmong e Dao, que são alguns dos grupos daqui onde há o maior número de cristãos, estão nas áreas montanhosas no norte desse país. Eles começaram a entender a necessidade de compartilhar o Evangelho com esses povos ainda não engajados. 

Desafios

Primeiro de tudo, ainda há poucos trabalhadores dispostos a viajarem para esses locais, pois são de difícil acesso. Há uma variedade de grupos de pessoas com diferentes idiomas, culturas e baixo nível de alfabetização. Há uma necessidade de uma estratégia para chegar a cada um deles em termos de contextualização cultural e abordagem criativa. Há grande perseguição, especialmente nas áreas de fronteira onde a maioria dos grupos de povos não contactados vive. 

Convido você a orar pela parceria e unidade entre as igrejas locais para a missão. Ore para que respondam ao chamado de Deus para esses povos. Ore por mais obreiros a serem enviados para alcançar os não contactados com fidelidade e eficácia. Ore para que o Espírito Santo convença os corações dos povos não alcançados, e assim possam buscar o Seu perdão e encontrar a verdadeira alegria, paz e salvação.

 

Hoang e Kim Ramos
missionários no Sudeste da Ásia

Fonte JMM